Biografia

 
 

Publicações nacionais e internacionais destacam a força da música de Vera Figueiredo: “Vera Figueiredo – que levou o som das florestas tropicais brasileiras para os clubes de concerto do mundo – fez uma apresentação com abordagem e frases que deixaram a todos boquiabertos”, escreveu T. Bruce Wittet para a revista Modern Drummer americana, sobre o Montreal Drum Fest (Canadá), no qual a baterista se apresentou. A revista inglesa Rhythm também fez menção à força de sua música, declarando, em ocasião de uma turnê da baterista pelo Reino Unido, que Vera Figueiredo era a Queen of Samba, a Rainha do Samba.

Dedicada a divulgar a música brasileira, tanto no Brasil quanto em terras estrangeiras, Vera Figueiredo já passou pela Escócia, Irlanda do Norte, Inglaterra, País de Gales, México, Chile, Itália, Espanha, Portugal, Argentina e Estados Unidos ministrando workshops, aulas, e apresentando shows e performances.
Vem se apresentando em importantes eventos direcionados à bateria e à percussão, entre eles Percfest Memorial Naco, Drum Ladies Fest e Italy PAS - Percussive Art Society (Itália), The Ultimate Drummers Weekend (Austrália), Mendoza International Drum Fest (Argentina), PercuSonidos Festival Internacional de Percusiones (México), AGP Drum Event (Luxemburgo), Days of Percussion (Suécia), Drum Fest - Primer Festival Internacional de Batería y Percusíon (Chile), Cape Breton International Drum Fest (Canadá), Kosa International Drum Event (EUA) e PASIC – Percusive Arts Society Convention (EUA). No Brasil, apresentou-se nos festivais PAS Brazil Chapter (Campinas/SP), Salão da Bateria (capital/SP), I Encontro Percussivo REC-PEC (Recife/PE), Girsl On Drums (Curitiba/PR) e Batuka! Brasil (capital/SP).

Na Alemanha, tocou na Musikmesse Frankfurt, no Dresdner Drum Festival e apresentou um workshop na escola Drumtrainer / PAC – Percussion Art Center (Berlim), ao lado do percussionista Dudu Tucci. Apresentou-se no La Rioja Drumming Festival, na Espanha, junto com Tommy Aldridge, Ray Luzier, Aquiles Priester, entre outros, e em Portugal, junto ao baterista Carlos Sobral. Vem ministrando masterclasses e workshops por diversas cidades brasileiras, entre elas São Paulo, Ribeirão Preto, Ipatinga, Salto, João Pessoa, Curitiba, Porto Alegre, Natal, Brasília e Rio de Janeiro.

Como integrante da Orquestra Avon, acompanhou diversos artistas, entre eles a americana Diana King e os renomados brasileiros Zélia Duncan, Nana Caymmi, Daniela Mercury, Milton Nascimento, Rita Lee, Leila Pinheiro e Margareth Menezes.

Vera Cruz Island, seu terceiro disco, marca um momento de maturidade de Vera como instrumentista e compositora: “Vera Cruz Island é uma espécie de álbum de fotografias da alma de Vera: intenso, com belas imagens e cheio de paixão pela sua arte” – Régis Tadeu (revista Batera & Percussão/ Brasil). “Sua música é poderosa e repleta de tradição” – Ken Micallef (Modern Drummer magazine – EUA). Baseado neste disco foi lançado, pela editora americana Hudson Music, o play-along Vera Cruz Island – Brazilian Rhythms for Drumset, conta com distribuição mundial e em formato e-book. Lançou também os discos Vera Figueiredo & Convidados e From Brasil.

Na área didática, lançou em DVD as aulas Ritmos Afro-Brasileiros & Influência Afro-Cubana e Os 40 Rudimentos, com legendas em inglês. Participou do DVD em comemoração ao 11° aniversário do The Ultimate Drummers Weekend, festival que acontece em Melbourne, na Austrália. O DVD também conta com as participações de Thomas Lang, John Blackwell Jr., Jimmy DeGrasso, Andrew Gander, Gustavo Meli, entre outros expressivos nomes da bateria.

Em 1990, fundou o IBVF - Instituto de Bateria Vera Figueiredo, que se tornou um importante centro de estudos da música da bateria e da percussão brasileira, localizado na cidade de São Paulo. Alguns anos depois, Vera criou a IBVF Produções, produtora dedicada à realização de eventos voltados à música. Um desses eventos é o Batuka! Brasil, que aparece na lista dos festivais conceituados voltados à bateria e à percussão. O festival vem acontecendo na capital de São Paulo, sendo que sua primeira edição aconteceu em 1996 e são quatorze realizadas, que resultaram no lançamento de dois discos com participação de artistas que se apresentaram no festival e bateristas vencedores do Concurso Nacional de Bateristas, que faz parte da programação do Batuka! Brasil.

Vera Figueiredo foi capa das edições #119 da Modern Drummer Brasil e da #143 da revista Batera & Percussão. Também foi capa da edição #106 da Modern Drummer Brasil, ao lado de Damien Schmitt, dom Famularo e Robby Ameen, por ocasião da publicação da cobertura de uma das edições do Batuka! Brasil.

Participou do clipe da banda NX4, gravou com o Kroma, um quarteto instrumental de guitarras formado, entre outros, por Heraldo Paarmann (Ex - Ultraje a Rigor). Fez parte da Sabian Brazilian Tour, apresentando-se em Vila Velha/ES e São Paulo, capital.

Entre 2000 e 2015, Vera Figueiredo trabalhou na TV Globo, no programa Altas Horas.

Contribui regularmente com a revista Modern Drummer Brasil. Vem apresentando o show Brasileira, com o Vera Figueiredo Trio, contando com Gê Côrtes (baixo acústico) e Marcos Romera (piano). O show é uma prévia do disco no qual Vera vem trabalhando, e já passou pelas unidades do SESC Consolação (Instrumental SESC Brasil), Campinas e SESC Sorocaba.

Em 2016, Vera Figueiredo passou pela Sardenha, Pescara e Verona, na Itália, apresentando workshops e masterclasses sobre ritmos brasileiros.

Atualmente, Vera Figueiredo é responsável pela curadoria do projeto do SESC Osasco, Ecos Musicais, que tem como objetivo estimular trabalhos autorais de artistas da cidade.

Vera Figueiredo é patrocinada pelas marcas Mapex Drums, Sabian Cymbals, Vic Firth Drumsticks, Evans Drumheads, Audix Microphones e Gope Percussion.

 

 

Desenvolvido por Tramela.

 

 1999 - 2017 © Todos os direitos reservados.